Usuários da BR-235/BA podem escolher nome da mascote da rodovia

Entre as opções dos nomes estão Leara, Catarina e Zulinha. A imagem da mascote vai ser usada em campanhas educacionais e publicitárias realizadas pela Gestão Ambiental da rodovia. A campanha está sendo feita na internet e em escolas.

A Arara-Azul-De-Lear foi escolhida como a mascote da BR-235/BA. Agora, os usuários da rodovia podem ajudar a colocar um nome no animal, escolhido por ser peculiar da região e extremamente ameaçado de extinção.  O público tem a disposição três nomes para votar. São eles: Catarina – por viver na região do Raso da Catarina; Leara – por causa da nomenclatura Lear; e Zulinha – pela coloração azul.

A votação, que pode ser feita no site www.br235.com.br, é promovida pela Gestão Ambiental da rodovia, firmada entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV). Esta campanha também está sendo feita em 25 escolas localizadas às margens da rodovia. A votação pode ser feita até o dia 31 deste mês. Será então realizada uma celebração de batismo da mascote em dezembro, com data e local a serem divulgados em breve pela Gestão Ambiental. Uma celebração de batismo será realizada em dezembro, com data e local a serem divulgados em breve pela Gestão Ambiental.

SOBRE A ARARA-AZUL-DE-LEAR

A espécie é endêmica do norte da Bahia, sendo sua área de distribuição restrita à região dos municípios de Canudos, Euclides da Cunha, Paulo Afonso, Uauá, Jeremoabo, Sento Sé e Campo Formoso. Seu habitat natural é a Caatinga, se alojando em paredões e rochas sedimentares para dormir. Atualmente, toda a população é conhecida e monitorada. As araras-azuis-de-lear possuem dois sítios que utilizam como dormitório e local de reprodução: os paredões da Estação Biológica de Canudos (EBC) e a Fazenda Serra Branca, em Jeremoabo, ambas reservas particulares. Essa espécie tem semelhança com a Arara-Azul-Grande. Entre as diferenças dos dois animais, está na coloração: a Arara-Azul-De-Lear possui o anel em volta do olho de cor amarelo claro e a barbela (pele em torno da mandíbula) com forma de uma gota.

Fonte: Gestão Ambiental da BR-235/BA – www.br235.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.