Colisão entre ônibus da Transbrasiliana com caminhão tanque causa explosão, sete corpos já foram retirados dos destroços

Capturar1A Polícia Rodoviária Federal e a perícia já localizaram, entre os destroços, os corpos de sete vítimas do acidente desta manhã de segunda-feira (15/12) entre um ônibus da Transbrasiliana e um caminhão, na BR-316, trecho a 3km do município de Monsenhor Gil. Ainda não há confirmação de quantas pessoas estavam dentro do ônibus no momento do acidente, mas a última informação repassada à PRF era de que 8 passageiros e mais 2 motoristas saíram no ônibus da Rodoviária de Floriano, rumo a Teresina.

Somente por volta de 14h30, a perícia chegou ao local. No momento, os peritos reviram os destroços para tentar identificar a quantidade exata de corpos no local da explosão.

Até agora, dos mortos, tem-se apenas a identidade do motorista do caminhão tanque, Cheivan Vieira de Sousa, de 33 anos, que morava em Cristino Castro. Ele trabalhava há dois anos com transporte de combustível, à serviço do tio, que é dono de um posto de combustível. Ele seguia de Teresina para a cidade no Sul do Estado. Separado e sem filhos, ele morava com o pai e a irmã.

Quando passou por Teresina, Cheivan iria parar para dar carona a um familiar, mas na pressa, acabou deixando-o na capital e seguiu viagem. Infelizmente, foi vítima da tragédia no caminho.

Capturar

Fonte: 180 Graus
Esportes