Superintendente da CODEVASF recebe reivindicações de apicultores de Campo Alegre de Lourdes

CapturarApicultores do município de Campo Alegre de Lourdes, região norte da Bahia, foram recebidos pelo Superintendente Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) – 6ª SR, em Juazeiro, Alaor Grangeon de Siqueira. O encontro ocorreu na manhã de quinta-feira (16) e foi intermediado pelo Centro Público de Economia Solidária – Cesol Sertão do São Francisco. Os apicultores estão preocupados com a crise hídrica na região, provocada estiagem prolongada no nordeste. Eles temem que a produção do mel seja afetada e consequentemente a economia do município.

O superintendente da CODEVASF em Juazeiro, Alaor Siqueira destacou a importância da apicultura para o município de Campo Alegre de Lourdes, e relatou que a CODEVASF está atualmente sem recursos para dar andamento a alguns projetos. “Sabemos da importância que a cidade ocupa na cadeia produtiva do mel, e nós aqui valorizamos os produtores rurais que trabalham em suas terras. O investimento que o governo federal destina pode ser pouco para alguns, mas é grandioso para eles. Neste momento a CODEVASF está sem recursos para alguns projetos, já demonstramos nossa situação ao ministro da Integração. No que pudermos ajudar, vamos ajudar dentro de nossa capacidade e limitações”, frisou o superintendente.

Após contato com o superintendente, os apicultores se reuniram com a gerente de Regional de Revitalização da 6ª/ GRR/UDT, Priscila Martinez e com os analistas em Desenvolvimento Regional Everaldo Cavalcanti e Luciano Gomes.

“Saímos às 3h da manhã de Campo Alegre de Lourdes, viajamos por seis horas para esse encontro na CODEVASF. Sabemos das dificuldades no país, mas nossa situação é difícil, por isso viemos entregar nossas solicitações. Os produtores rurais e associações precisam de apoio para a apicultura, viemos aqui solicitar unidade de beneficiamento do mel, equipamentos apícolas, e a perfuração de poços tubulares para nosso município”, relatou Valdeci Batista da Silva, conhecida como Dona Bia, da Associação de Apicultores de Lagoa do Arroz.

A gerente de Desenvolvimento Priscila Martinez ressaltou os investimentos feitos pela Codevasf nos municípios de Pilão Arcado, Remanso e Campo Alegre de Lourdes para o desenvolvimento das atividades de apicultura e geração de emprego e renda. Famílias rurais receberam kits composto por 20 colmeias, cada uma contendo um ninho, duas melgueiras, uma tampa e um fundo; 20 suportes de ferro para colmeias; 20 kg de cera de abelha pura alveolada; duas indumentárias completas; um formão de apicultor; uma carretilha apícola e um fumigador. Cada família recebeu um kit produtivo, com valor unitário de R$ 4.964,94.

“A Codevasf tem prestado apoio à implantação de kits de produção, foram desenvolvidas cinco etapas para incentivar a atividade, e nossos analistas técnicos estão em campo avaliando os municípios que receberam os kits. Será feito repasse de alguns kit, mas temos um limite pequeno, e infelizmente não temos recursos para atender todas as solicitações. Nosso esforço é grande para fazer os repasses e continuar o trabalho de capacitação, estamos fazendo o máximo para resolver as solicitações e atender as demandas”, destacou Priscila.

Para o engenheiro agrônomo Linderson Batista, técnico em Gestão do Cesol-SSF, o apoio da Codevasf é fundamental para ajudar os apicultores a enfrentar o problema. “A região de Campo Alegre de Lourdes tem um grande número de associações que desenvolvem a apicultura, e o apoio da Codevasf é fundamental para as associações continuar promovendo essa atividade produtiva, gerando emprego e renda nesta região. Nós do Cesol agradecemos esse contato e recepção, e esperamos que a Codevasf possa avaliar e atender as solicitações dos produtores”, disse Linderson.

Ascom/CESOL SSF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.