Justiça condena prefeito Avelar a detenção, perda do cargo e inelegibilidade

744_23092015121113A 2ª Câmara Especializada Criminal do TJ-PI condenou em sessão nesta quarta-feira (23/09) o prefeito de São Raimundo Nonato, Sul do Piauí, há seis anos de detenção em regime semiaberto.

O prefeito é acusado do crime de fraude em licitação, qual seja: “Frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação”.

Segundo a sentença, o gestor ainda foi condenado à perda do cargo e a inelegibilidade pelo período de oito anos.

O Desembargador Joaquim Dias de Santana Filho foi o relator do processo. Ele foi acompanhado de seus pares, o Desembargador Erivan Lopes e a Desembargadora Eulália Pinheiro.

Cabe recurso.

Daniel Silva/Portal 180graus

One thought on “Justiça condena prefeito Avelar a detenção, perda do cargo e inelegibilidade

  1. Justiça foi feita e isso serve de alerta para outros gestores desse imenso país que se apropriam do dinheiro publico nas campanhas eleitoral ele Avelar sempre posando de bonzinho, só não foi melhor a condenação dele porque ele não ver o sol nascer quadrado de verdade vai ficar em regime semi-aberto talvez que ele ainda vai recorrer que isso é um absurdo, o ministério publico investiga prova , ajustiça acata a denuncia condena mas o crime de colarinho branco ainda tem direito a recorrer e as vezes via bons adv. ainda consegue anular o processo e sai zombando da justiça isso é brincadeira ele tem que ficar atras das grades para que sirva de exemplo ao outros corruptos (ele que posou de moço) quase comeu o padre Herculano nas campanhas que disputaram, não que eu esteja defendendo o padre Hercula que lugar de padre é na igreja cuidando dos suas ovelhas ok enfim é isso um abraço a todos seguidores desse site, a vc tb Lucas>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.