VIVO ainda aguarda cumprimento de ordem judicial para solucionar problema de falta de sinal no município de Campo A. de Lourdes e região

A operadora VIVO informou a nossa redação, que está aguardando o cumprimento, pelos órgãos competentes, da ordem judicial de reintegração de posse do local onde está localizado a torre da VIVO no distrito de Minas do Encaibro, em Sento Sé, expedido pelo Juiz da Comarca de Sento Sé, no dia 06 de novembro de 2015. E que os técnicos estão de plantão aguardando a liberação da torre para que sejam realizados os reparos necessários para o restabelecimento dos serviços de voz e dados da operadora VIVO, para os clientes dos municípios de Campo Alegre de Lourdes, Remanso, Pilão Arcado e Sento Sé.

Em contato com o Pelotão da Polícia Militar de Sento Sé e Comando do Policiamento Regional Norte, a redação do Blog do Lucas Nunes, obteve algumas informações sobre o andamento para o cumprimento da ordem judicial de reintegração de posso do terreno onde está localizada a torre da VIVO no município de Sento Sé Bahia.

O Tenente Hugo Brandão, comandante do Pelotão da Polícia Militar de Sento Sé, informou a nossa redação que o efetivo policial está pronto para cumprir o a reintegração de posse autorizada pelo juiz, e que está aguardando apenas uma autorização do comandado geral da Polícia Miliar para realizar a operação.

O Major Nascimento, falou em nome do Comando do Policiamento Regional Norte, diz que a demora em cumprir esse tipo de ordem judicial é normal, pois é preciso fazer um estudo, do local, do perfil dos manifestantes e de medidas a serem adotadas na ação para que ocorra tudo na tranquilidade e obtenha êxito na ação, utilizar da força policial em último caso e que está trabalhando junto com o comando geral da Polícia Militar da Bahia para o cumprimento da decisão judicial. Mas que ainda não tem data prevista para acontecer a ação.

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.