Read Time:42 Second
O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) apresentou à Câmara dos Deputados um projeto de lei que pretende proibir que a Justiça homologue acordos de delação premiada de pessoas presas, além de vetar a divulgação de informações sobre as colaborações. A informação é da coluna Expresso, da Revista Época. A delação premiada é considerada um dos maiores trunfos da Operação Lava Jato, que investiga escândalos de corrupção na Petrobras. Com ela, acusados de participação em crimes aceitam contribuir com as investigações, em troca de benefícios como redução da pena, em caso de condenação. Próximo a Lula, o parlamentar também foi responsável, junto ao deputado federal Rubens Pereira Jr., pelo mandado de segurança que fez o Supremo Tribunal Federal suspender o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, imposto pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha.
Fonte: BN
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Previous post Cobrança extra na conta de luz será eliminada em abril, anuncia governo
Next post Bandidos explodem agência do Banco do Brasil em Angical