Zó pede para Sesab verificar casos de Covid-19 no Consórcio Linhão T-BAPI

A Covid-19 está preocupando trabalhadores do Consórcio Linhão T-BAPI, sob a responsabilidade da Andrade Gutierrez, e as populações de Pilão Arcado, Campo Alegre de Lourdes, Remanso e cidades vizinhas. Tudo por conta de 13 casos confirmados entre os funcionários, e uma morte, no mês maio. 

Cerca de 221 testes foram realizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Pilão Arcado, na empresa e no município, confirmando positivo para 34 pessoas na construtora e quatro na cidade. Mas, o problema é que a Andrade Gutierrez está levando as pessoas para Barreiras, a 6 horas de Nova Holanda, onde atua.

Diante da situação, o deputado estadual Zó (PCdoB) solicitou, à Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) uma inspeção da Vigilância Sanitária. “Até porque são casos iniciais e que podem ser tratados no município. Essa ida das pessoas para outra cidade, pode contribuir para a disseminação do coronavírus. É importante seguir o que determina a Anvisa: deve-se evitar essa locomoção entre cidades durante a pandemia”, pondera.  

AGIR RÁPIDO

Segundo o parlamentar, informações de Barreiras revelam que 16 trabalhadores testaram positivo e encontram-se em um hotel da cidade. Já outros, também confirmados com Covid-19, estão em alojamentos da empresa. 

“Esperamos que a Sesab aja rápido e que, também, o Ministério Público do Trabalho interceda para garantir os devidos cuidados aos trabalhadores e às populações das cidades na área de atuação da Andrade Gutierrez. Até para evitar o que aconteceu no povoado de Angico, em Campo Alegre, quando pessoas atearam fogo no galpão da empresa, pois lá estavam trabalhadores com a doença”, destaca Zó.  

Deputado Zó ofício à Sesab

Ascom Dep. Zó

RedeGN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.