Secretaria de Educação de Campo A. de Lourdes é alvo de operação do MP, cinco pessoas são detidas

Na manhã desta terça-feira, 01/11/2016, o Ministério Público da Bahia, pela Promotoria de Justiça de Remanso, com apoio dos Delegados de Polícia Civil e dos Comandantes da Polícia Militar, e suas equipes, de Remanso e Campo Alegre de Lourdes, e de Policiais Rodoviários Federais, deflagrou na cidade de Campo Alegre de Lourdes a operação: – CORRUPÇÃO + EDUCAÇÃO.

figura2-900-x-600

A operação combate fraudes e desvios de recursos públicos destinados a área de Educação do município. Na investigação restou comprovada a formação de organização criminosa que vem desviando verbas da educação do município há 2 anos. O prejuízo ao município pode alcançar mais de R$ 1.100.000.00 (um milhão e cem mil reais).

Foram cumpridos 16 mandados de prisão, busca e apreensão, sequestro de bens e valores e condução coercitiva em desfavor dos envolvidos. Entre os presos estão a Secretária Municipal de Educação e 4 Diretores de Escolas municipais. Todos os servidores foram afastados dos cargos por determinação judicial. Também foram apreendidos veículos dos envolvidos, e diversas folhas de cheque na posse da Secretária de Educação.

figura1

As fraudes foram constatadas logo depois que o Promotor de Justiça da comarca, Dr. Rafael Rocha, lançou no município de Campo Alegre de Lourdes o Programa do MP: Objetivos do Milênio, Saúde + Educação, e iniciou visitas às escolas do município, em especial a Escola Estadual Luis Eduardo Magalhães onde estudam aproximadamente 500 alunos, quando identificou a total falta de estrutura nas unidades de ensino, e iniciou a apuração.

Após a reunião de documentos, foi instaurado Procedimento Investigatório Criminal e foram requeridas medidas judiciais em desfavor dos envolvidos, as quais foram deferidas pelo Juiz Criminal da Comarca, Dr. Dario Gurgel.

As investigações seguem sob sigilo.

Ascom MP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *