Dr. Denirson | Esposa  e filho foram autuados em flagrante por ocultação de cadáver, e  passam por audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (5).

Dr. Denirson | Esposa  e filho foram autuados em flagrante por ocultação de cadáver, e  passam por audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (5).

5 de julho de 2018 0 Por Por Lucas Nunes

A esposa e o filho do médico Denirson Paes da Silva, de 53 anos, encontrado morto dentro de um poço no condomínio de luxo em que morava em Aldeia, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, devem ser submetidos a uma audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (5). O corpo do cardiologista foi encontrado no começo da tarde dessa quarta-feira (4) esquartejado e em avançado estado de decomposição.

Na delegacia, a farmacêutica Jussara Rodrigues da Silva Paes, casada com o médico, e o filho do casal, o engenheiro Danilo Paes, de 23 anos, foram evasivos nos depoimentos. Além disso, também chamou a atenção da delegada responsável pela apuração do caso o fato de a família de Denirson ter demorado cerca de 15 dias para apresentar queixa pelo desaparecimento dele. O cardiologista sumiu há cerca de um mês, mas o registro só foi feito na delegacia no dia 20 de junho. Por conta disso, mãe e filho foram autuados em flagrante por ocultação de cadáver.

Na delegacia, Jussara e Danilo prestaram depoimento e negaram a participação no crime. A delegada Carmen Lúcia, titular da unidade, arbitrou uma fiança de R$ 980 mil para cada um. Os dois permaneceram no local até cerca de 2h da madrugada, quando foram transferidos para o Instituto de Medicina Legal, onde passaram por exames de corpo de delito, e depois seguiram para a delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, comarca da vara criminal onde vai ocorrer a audiência de custódia.

O corpo de Denirson foi localizado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão solicitado pela delegada que apura o caso. O cadáver, que foi esquartejado e possivelmente carbonizado, foi jogado em um poço de 25 metros de profundidade.

Denirson Paes trabalhou em grandes unidades de saúde do Recife, como os hospitais Getúlio Vargas, das Clínicas, do Exército e o Procape, referência na área de cardiologia no estado. Além de formado em medicina pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), ele também se graduou em direito pela Uninassau. O cardiologista nasceu na cidade baiana de Campo Alegre de Lourdes, no interior do estado.

 Fonte: Portal OP9.com.br