Juiz ordena bloqueio de R$ 36 mil por não nomeação de servidores por prefeito de Xique-Xique

Juiz ordena bloqueio de R$ 36 mil por não nomeação de servidores por prefeito de Xique-Xique

18 de julho de 2018 0 Por Por Lucas Nunes

O imbróglio sobre um concurso público em Xique-Xique, no centro norte baiano, gerou mais um fato nesta terça-feira (17). É que o juiz Fernando Antônio Sales Abreu decretou o bloqueio de R$ 36 mil das contas da prefeitura local. A quantia diz respeito ao valor das multas diárias após encerrado o prazo estabelecido por conciliação no qual o prefeito da cidade, Reinaldo Braga Filho (DEM), ficou de reintegrar os servidores. A data-limite foi o dia 29 de junho deste ano. Segundo a sentença do juiz, o prefeito “não comprovou a convocação de nenhum servidor, sequer se manifestou nos autos”.

A decisão atende a uma ação do Ministério Público do Estado (MP-BA). O concurso em questão foi realizado em 2014 e os aprovados foram chamados para os cargos no final de 2016. No entanto, logo que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017, um dos primeiros atos de Braga Filho foi suspender as nomeações. À época, Reinaldinho, como também é conhecido, justificou a decisão ao afirmar que o concurso foi feito para abrigar adversários. Além disso, dizia que não havia caixa suficiente para pagar os 42 novos servidores. (BN)

Fonte: Ação Popular