Câmara de Campo A. de Lourdes custa mais de 7 milhões de reais aos cofres públicos

Câmara de Campo A. de Lourdes custa mais de 7 milhões de reais aos cofres públicos

5 de novembro de 2018 0 Por Por Lucas Nunes

Em um levantamento feito pelo nossa redação, no município de campo Alegre de Lourdes, norte da Bahia. A câmara municipal de vereadores do município desde 2017 passou a receber R$ 165.000,00 mensal de repasse do executivo (Cento e sessenta e cinco mil reais) por mês.  Considerando que a legislatura tem um mandato de 4 anos (48 meses), multiplicamos este valor, e a somatória dos repasses é de R$ 7.920.000,00 durante cada mandato.

Cada vereador recebe de salário R$ 6.500,00 por mês, durante 48 meses, por tanto cada vereador recebe cerca de R$ 312.000,00 durante seu mandato. Levando-se em consideração que o Legislativo Campoalegrense possui 11 parlamentares, no final de cada legislatura, a casa terá um gasto de R$ 3.432.000,00 com os seus vencimentos. Isso sem contar com as demais regalias.

Após o pagamento dos vencimentos dos parlamentares, sobra em caixa R$ 4.488.000,00 para as demais despesas da casa, e regalias dos parlamentares. Deste valor, caso a câmara não utilize, devolverá o restante não utilizado para a prefeitura.

Apesar de passarem despercebidos, e de pouca utilidade para o município os vereadores de Campo Alegre de Lourdes, existem sim, e foram eleitos pelo povo. Caso já tenham esquecido os nomes dos vereadores eleitos em 2016, abaixo a lista com o nome dos mesmos.

Vereadores eleitos na oposição (Apenas eleito, hoje são todos da situação).

  1. Danilo (PSD)
  2. Hiliomar (PSD)
  3. Silas (PSD)
  4. Nelson Duarte (PSD)
  5. Zé Galego (PSD)

Vereadores eleitos na situação. (Os mesmos eram todos aliados da gestão anterior, exceto Ailton e Osvaldinho)

  1. Mazim (PT)
  2. Arnoldo Boson (PCdoB)
  3. Zé Afrânio (PCdoB)
  4. Osvaldinho (PCdoB)
  5. Ailton (PCdoB)
  6. Zé Nilton (PPS)