DESCASO NO MERCADO MUNICIPAL DE REMANSO – Diz Dr. Alessandro Nunes

DESCASO NO MERCADO MUNICIPAL DE REMANSO – Diz Dr. Alessandro Nunes

10 de abril de 2019 0 Por Por Lucas Nunes

Dr. Alessandro Nunes oposição ao governo atual em Remanso, vem trabalhando arduamente em prol da população remansense. Ele sempre passa pelo Mercado Municipal e em uma dessas passagens, ele registrou e resolveu mostrar para a população o descaso que esta ocorrendo no local.
Procurado pela reportagem ele disse: “O Mercado Municipal está abandonado em perigo constante. Por onde anda, vê sujeira no chão. Total negligência do Legislativo quanto do Executivo e seus agentes. O Secretario de Saúde por exemplo deve fazer um trabalho preventivo, garantido mediante políticas sociais à redução do risco de doença conforme reza o artigo 196 da CF. E isso não vem acontecendo, ao longo dos corredores se vê lixo espalhados por todos os cantos e animais passeando livremente.
Já o Secretario de Infraestrutura, também nada vem fazendo, ele com certeza tem alguém que administra ou fiscaliza o local, mas nada faz. Encontrei fios expostos e descascados pelas paredes, medidores sem as devidas proteções, podendo causar um curto circuito ou choque nas pessoas, principalmente em crianças, paredes com rachaduras, mau conservadas, banheiros sem portas, pias e vasos sanitários quebrados, ralos tanto dos banheiros quanto dos corredores do Mercados abertos e entupidos. Do jeito que esta, fica bem complicado, eles só querem saber de aprovar medidas para aumento de impostos, mas nada fazem pela população. Final do Ano passado foi aprovada uma medida onde aumenta os impostos da cidade, mas muita gente não sabe! Eu pergunto aumentar impostos e não converter em beneficio da população está certo? O Mercado precisa urgente de reforma, de lá sai o sustento de muitas famílias. Tem que ser dada uma atenção a mais para o local.
Caso aconteça algo no Mercado Municipal vitimando alguma pessoa, serei o primeiro a representar contra esses irresponsáveis da administração pública, que fique bem claro. Avisando as condições eu já estou, se não tomarem providencias e por que não querem.”

Dr Alessandro Nunes