Pilão Arcado: TRE-BA realiza audiência pública para tratativas de eleição suplementar

presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador Jatahy Júnior, realizou, na tarde dessa quarta-feira (8/1), audiência pública no município de Pilão Arcado, localizado na região norte do estado. O propósito do encontro foi tratar questões relacionadas à eleição suplementar que acontecerá na cidade no próximo dia 2 de fevereiro. Na ocasião, o presidente fez um balanço sobre o recadastramento biométrico eleitoral, obrigatório na região até 18 de fevereiro deste ano. 

A visita do presidente do TRE baiano intenciona fomentar o processo eleitoral em Pilão Arcado, arregimentando a colaboração dos poderes públicos e privados da região. “Vim aqui na cidade fazer com que todos aqui presentes, participantes ativos deste processo, tenham em mente que eleição é o dia maior de uma disputa eleitoral, que deve ser travada com parcimônia e que atenda aos interesses da comunidade”, estimou o desembargador.

Com a excepcionalidade da realização da eleição suplementar, o presidente do Regional Eleitoral alertou sobre as penalidades ocorridas durante a realização do pleito e lembrou, ainda, das instruções contidas na Resolução Administrativa nº 35/2019, que estabelece normas para a realização de eleição suplementar para os cargos de Prefeito e vice-Prefeito do Município de Pilão Arcado, sede da 195ª Zona Eleitoral/BA. “Fica vedado o transporte de eleitores, programas sociais executados por entidade nominalmente vinculada ao candidato ou por ele mantida, dentre outras proibições”, alertou.   

Durante o encontro, o juiz e o promotor da 195ª Zona Eleitoral de Pilão Arcado, Vanderley Andrade de Lacerda e Sebastião Coelho Correia, respectivamente, agradeceram a presença do presidente Jatahy na cidade e enalteceram o trabalho realizado pelo TRE da Bahia. “É uma honra para nós pilão-arcadenses recebermos vossa excelência para colaborar com este processo tão significativo para todos da região. Aproveito para parabenizar o árduo trabalho realizado pelo TRE-BA neste último ciclo da biometria”, disse o juiz Lacerda. 

Entenda

O novo pleito na cidade ocorrerá após os mandatos do prefeito do município de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, terem sido cassados pela Justiça Eleitoral. A acusação é de terem sido beneficiados com a prática de abuso de poder político e econômico, caracterizado na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação eleitoral.

TRE-BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *