Remanso, Pilão Arcado e região receberão apoio para garantir a segurança hídrica

Capturar3Sensibilizado com a situação da seca na região do Rio São Francisco, que tem provocado graves problemas na captação para o abastecimento de água, o secretário estadual de Agricultura, Paulo Câmera, atendendo à solicitação do titular da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Cássio Peixoto, anunciou a doação de equipamentos de suma importância para dar segurança hídrica a quem reside na região do Sobradinho.

O total de 29 bombas, 47 conjuntos de pressão com filtro, 45 mangotes de sucção com válvula de pé, 17 motores a diesel com válvula acoplada e 1.540 tubos de PVC de três polegadas fazem parte do pacote da Seagri. De acordo com Cássio Peixoto, esses equipamentos, “somados aos recursos da SIHS e do Governo do Estado, sem dúvida, mudarão a realidade dessa localidade tão sofrida”. Câmara afirmou que a meta é “cada vez mais união em prol de uma Bahia melhor”.

A SIHS anunciou o total de R$ 529 mil para a aquisição de equipamentos, identificação de pontos de captação de água e intervenções emergenciais em pequenos sistemas de abastecimento nas sedes municipais e seus distritos na região do Sobradinho. O diagnóstico emergencial já foi feito nas cidades de Barra, Bom Jesus da Lapa, Carinhanha, Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Paratinga, Pilão Arcado, Rodelas, Remanso, Sento Sé, Serra do Ramalho, Sítio do Mato, Sobradinho e Xique-Xique.

O Lago de Sobradinho está hoje com 5,59% do volume útil de armazenamento. A previsão de chegada ao volume morto é no final de novembro, quando o nível da água alcançará 5,45 bilhões de metros cúbicos, suficiente para garantir apenas o abastecimento para consumo humano por mais três meses, até o retorno do período de chuva.

Fonte: Remanso.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *