TCE bloqueia contas Fartura-PI e Caracol por falta de prestações de contas

TCE bloqueia contas Fartura-PI e Caracol por falta de prestações de contas

9 de abril de 2016 0 Por Por Lucas Nunes

Pelo menos 22 prefeituras e 12 câmaras municipais em todo o Piauí terão suas contas bloqueadas por problemas com a prestação de contas. A decisão foi anunciada hoje pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí, que atendeu um pedido do Ministério Público de Contas.

Em nota, o Tribunal de Contas informou que as prefeituras e câmaras tiveram as contas bloqueadas por apresentarem atraso superior a 30 dias na apresentação dos principais documentos que compõem o balancete do mês de dezembro. Segundo o TCE, sem a documentação, a analise dos gastos dos órgãos municipais fica comprometida. Além disso, os gestores podem ter as contas reprovadas pelo tribunal.

Com o bloqueio das contas, os órgãos ficam impedidos de realizar saques, pagamentos e outras movimentações bancárias. Entretanto, as mesmas receberam um prazo de até 90 dias para regularizarem a situação com o fornecimento dos documentos.

As prefeituras que tiveram as contas reprovadas foram de Bertolínia, Bom Princípio do Piauí, Campinas do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Caracol, Cristalândia do Piauí, Fartura do Piauí, Flores do Piauí, Jacobina do Piauí, Jaicós, Manoel Emídio, Parnaguá, Parnaíba, Passagem Franca, Piripiri, Prata do Piauí, Redenção do Gurgueia, Ribeira do Piauí, Santa Filomena, São João da Serra, Sebastião Barros e Socorro do Piauí.

Das Câmaras Municipais, encontram-se inadimplentes as de Barro Duro, Cajueiro da Praia, Caridade do Piauí, Cocal, Domingos Mourão, Francisco Ayres, Jacobina do Piauí, Nova Santa Rita, Olho D’ Àgua do Piauí, Santo Antônio dos Milagres, Sebastião Barros e Sigefredo Pacheco.

Cidadeverde /Edição: Weslley Moreira