Bolsonaro lidera entre evangélicos; vantagem entre católicos é menor

Representantes de quase um terço do eleitorado brasileiro, os evangélicos garantem a maior vantagem do candidato Jair Bolsonaro (PSL) entre os grupos religiosos segundo a pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (4). Neste segmento, o deputado federal fluminense tem 42% das intenções de voto, contra 16% de Fernando Haddad (PT), 9% de Ciro Gomes (PDT) e 8% de Geraldo Alckmin (PSDB). Marina Silva (Rede), que é evangélica, tem 4% da preferência do grupo.

A vantagem do deputado federal em relação a Haddad é menor entre os católicos, que respondem por pouco mais da metade do eleitorado brasileiro. Embora mantenha a dianteira, o presidenciável do PSL tem 31% das intenções de voto contra 26% do candidato do PT. Neste mesmo grupo, segundo levantamento do Datafolha, Bolsonaro tem a maior rejeição: 47% contra 37% que não votariam em Haddad. Entre os evangélicos a situação é oposta: o petista tem 44% de rejeição contra 36% de Bolsonaro.

Veja

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Movimento a favor da união de centro com Ciro cresce nas redes
Next post Conheça alguns deputados representados em Campo A. de Lourdes e seus representantes | Eleições 2018