Habeas corpus de esposa e filho de médico, Denirson, é negado pela Justiça e ambos permanecem presos

O presidente da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o desembargador Antônio de Melo e Lima, negou, nesta quinta-feira (12), o pedido de habeas corpusde Jussara Paes, de 54 anos, e Danilo Paes, 23 anos, esposa e filho suspeitos do assassinato e ocultação de cadáver do médico cardiologista e advogado Denirson Paes.

A solicitação de soltura foi feita ao TJPE no início da tarde de quarta-feira (11) pelo advogado dos dois, Alexandre Oliveira. Jussara e Danilo tiveram a prisão temporária de 30 dias decretada na última quinta-feira (5). Eles seguirão presos na Colônia Penal Feminina do Recife e no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna.

Folha PE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Após 30 horas, sinal da operadora VIVO é restabelecido em Campo A. de Lourdes
Next post 90% do corpo do médico de Campo A. de Lourdes, assassinado em Recife é encontrado, diz polícia