Ministério Público pede bloqueio dos bens do prefeito de Várzea Branca

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) ajuizou ação civil pública de improbidade administrativa contra o prefeito Idevaldo Ribeiro, “Cuim”, do Município de Várzea Branca/PI, acusado de atrasar os salários dos servidores públicos da Educação.

Na ação, é pedida a indisponibilidade dos bens do prefeito no valor de até R$ 700 mil, que constantemente vem atrasando o salário dos servidores, desde o ano de 2013. Atualmente o município deve o mês de outubro.

Foi pedida a indisponibilidade dos bens das aplicações financeiras das contas do prefeito via BACENJUD, expedição de ofícios aos cartórios de registro de imóveis da comarca de São Raimundo Nonato/PI, comunicando a indisponibilidade dos bens, e expedição de ofício à Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal do Piauí, a fim de comunicar a indisponibilidade dos bens e imóveis do demandado aos demais cartórios de registros de imóveis do Estado.

Portal SRN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Criminoso assalta posto de combustível em Campo A. Lourdes
Next post URGENTE: ASSALTO A CARRO FORTE NA SAÍDA DE JUAZEIRO