PROFESSORA É ASSASSINADA EM JUAZEIRO, SUSPEITA INICIAL É DE LATROCÍNIO. ESCOLA SUSPENDE ATIVIDADES

Informações que chegaram desde cedo à redação do Blog GJ dão conta do assassinato da professora Élida Souza, nas imediações do CSU – Centro Social Urbano, entre os bairros Alto do Alencar e Castelo Branco, em Juazeiro (BA).

Ela trabalhava em um estabelecimento de ensino particular e foi morta por vários disparos de arma de fogo por dois elementos que estavam em uma motocicleta. No momento do ocorrido, a professora estava acompanhada do marido e da filha.

Lázaro, do Grupo Metanóia, marido da vítima, e a filha, segundo nota da escola, não foram atingidos. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro. Em conversa com alguns colegas onde Élida trabalhava a suspeita inicial é que tenha sido um latrocínio (roubo seguido de morte), mas a reportagem ainda não conseguiu falar com a autoridade policial.

O fato ganhou grande repercussão nas redes sociais e provocou grande comoção em toda cidade.

A direção da Escola Eccos por meio de nota direcionada aos pais suspendeu as atividades ao longo desta semana:

Fonte: Geraldo José

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *