Remanso e Sobradinho disputam prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Os municípios de Sobradinho e Remanso, no Norte da Bahia, disputam a etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (PSPE) com outras 12 cidades do estado. A premiação reconhece o trabalho de prefeitos que tenham desenvolvido projetos de estímulo ao fomento de pequenos negócios e a modernização da gestão pública.

Nesta edição, Sobradinho concorre ao prêmio nas categorias Melhor Projeto e Inovação e Sustentabilidade. O projeto selecionado é o “Desenvolve Sobradinho: Rumo a novo tempo”, implantado como alternativa para enfrentar problemas econômicos e assegurar a geração de riqueza no município.

A iniciativa integra diversas secretarias e servidores através de ações que envolvem o turismo, a cultura, educação, agricultura familiar e o comércio local, com foco no empreendedorismo. Em 2014, o município também participou da premiação e recebeu o prêmio Prefeito Empreendedor com o projeto “Sobradinho Sustentável, que introduziu o pescado na merenda escolar.

Já o município de Remanso, participa da premiação pela primeira vez e foi selecionado com o projeto Viver Melhor no Campo, que visa aproximar o governo das comunidades da zona rural, através de ações que tragam melhorias para o homem do campo como, por exemplo, energia, estradas, produção, forragens, saúde e educação.

O programa envolve todas as secretarias da gestão municipal e conta com o apoio de parceiros como a Embrapa, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

Para o gerente regional do Sebrae, Carlos Cointeiro, o prêmio é a oportunidade para os gestores municipais apresentarem projetos empreendedores e inovar a gestão de governo. “Por meio do prêmio o Sebrae e a sociedade reconhecem as ações e esforços das prefeituras em prol do desenvolvimento social e econômico dos municípios”, destaca.

A cerimônia estadual de premiação está prevista para acontecer em maio, em Salvador. Os 14 finalistas da Bahia concorrem em oito categorias: Melhor Projeto, Implementação e Institucionalização da Lei Geral, Compras Governamentais de Pequenos Negócios, Desburocratização e Formalização, Pequenos Negócios no Campo, Inovação e Sustentabilidade, Municípios Integrantes do G100 e Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária.

Os vencedores da etapa baiana recebem troféu, certificado e o selo de prefeito empreendedor, além de ter participação garantida na etapa nacional, que acontece no mês de junho, em Brasília, com os vencedores de todos os estados do país.

Informações: Ação Popular

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Quatro pessoas da mesma família morrem em grave acidente em Casa Nova
Next post Operação Velho Chico fecha cinco academias irregulares em Juazeiro